Sem Sustos na Viagem:  Seguro Saúde internacional ajuda  gestantes a custear despesas médicas e hospitalares associadas ao parto

Uma viagem para parto nos Estados Unidos  é algo que exige grande planejamento. Os futuros pais se ocupam em conseguir visto, comprar passagens, alugar apartamento para a estadia, e muito mais.

Mas entre toda essa agitação, o casal, muitas vezes, se esquece de um detalhe importante.  A cobertura de seguro de saúde, para cobrir o inesperado, fica fora da lista.   E é justamente neste esquecimento que o preço de um sonho pode vir a ser muito maior.

Tipos de Seguro

Intercorrências não relacionadas ao parto são normalmente facilmente cobertas com o uso de seguros de viagem, tal como Travel Ace, Coris, e Assist Card.  Esses em geral também oferecem cobertura para intercorrências relacionadas a gestação e parto.  Mas essa cobertura é normalmente só até as 32 semanas de gestação.

Os planos brasileiros, pelo outro lado, normalmente não cobrem o atendimento médico, parto, exames e UTI quando se opta em ter um filho fora do Brasil.

E por isso que, para evitar custos inesperados, algumas famílias têm optado pela contratação de um seguro de saúde internacional. Mesmo sendo um pouco diferente dos que operam no Brasil, a solução traz maior segurança em relação a custos hospitalares.  Esses planos variavelmente oferecem cobertura de custos relacionados a gestação e parto, incluindo complicações.

Seguro de Saúde Internacional

Devido a isso, a solução é ideal para casais que desejam constituir uma família nos Estados Unidos. Dessa forma, cuidados médicos inesperados não pesam no orçamento.   Principalmente em casos em que haja a necessidade de usar os serviços de uma unidade de terapia intensiva.

Mas se o casal se planejar com uma certa antecedência, é possível fazer o plano que cubra quase todas essas despesas não só em solo americano, como em qualquer parte do mundo.

O hospital que a família decidir ter o bebe não precisa ser conveniado. Dependendo do plano, o cliente tem direito a até 10 mil dólares para gastar naquela maternidade e mais um milhão de dólares em serviços gastos com o tratamento em UTI ou complicações, caso seja necessário.

Mas para isso, é ideal adquirir o plano antes de engravidar.  Caso a cliente já esteja grávida, o plano não oferece qualquer cobertura a procedimentos relacionado a gestação. Porém, é válido ainda fazer a contratação porque, como no caso de seguro viagem, a paciente pode ser atendida caso tenha qualquer outro problema de saúde não relacionado ao gravidez ou parto.  Também, a família poderá solicitar a inclusão do bebe na apólice da mãe após o nascimento para que ele seja contemplado pela assistência, em casos de consultas, exames ou haja necessidade de internação apos o nascimento.

 

Para mais informações, acesse: mpassos@efscorp.com. A Empire Financial Specialists é sediada em Miami e atua no mercado de seguros há 17 anos.

Veja também nosso artigo sobre Enxoval de Bebê.